Preparação para 12 de junho

E aí, gurias, tudo pronto para o dia dos namorados? Todas já cansadas das propostas de sempre que aparecem nas revistas e pensando se cabem no bolso suas idéias geniais para uma noite romântica com seu amor?



Pois aqui em casa, no que depender de mim, vai ser legal; me propus a encarar o frio, a preguiça, a saudade que dá das crianças e curtir o maridex... Sim, afinal de contas eu sou uma pessoa que acredita no amor!



Já diz a filosofia de banheiro de estrada que "casar pela segunda vez é o triunfo da esperança sobre a experiência" e eu já casei pela segunda vez com a mesma pessoa... ahm (cof, cof)... Digamos que juridicamente a sociedade conjugal tenha sido restabelecida. E por isso mesmo temos o direito de tentar não repetir erros e também de apostar naquilo que vale a pena: a criatividade, o humor e uma boa dose de romantismo.



Pode parecer que não tenha nada a ver, mas na minha cabeça as coisas se uniram e fizeram sentido: a profe da Larissa fez uma dinâmica na reunião de entrega de avaliações que era sobre aquele livrinho que a filhota ganhou no mini maternal, "Qual é a cor do amor" e que a Chris falou a respeito faz poucos dias no blog; essa historinha simples me emocionou pra caramba... mesmo a conhecendo faz tanto tempo. Sei lá, eu verti lágrimas e lágrimas, pensando que a cor do amor pra mim pode ser verde, como a cor dos olhos dos meus filhos (e marido, pai, sobrinha), porque neles vejo a pureza, a curiosidade, a coragem e a esperança que não há em outro lugar qualquer.



Fiquei pensando em como meus filhos foram feitos com amor, desejados com todo o carinho e que isso só pôde acontecer porque em algum momento houve namoro. Aqui anda difícil namorar com tantas demandas de filhos, trabalho, sono atrasado, mas no sábado de tarde as crianças vão pra casa dos avós e vão dormir lá porque aqui vai dar namoro!!!

Já planejei, organizei faz dias, mas não está tudo pronto ainda. Só sei que carinho e dedicação não vão faltar e espero mesmo ter um dia de gente grande, memorável!


Li em algum lugar que o ser humano está fadado ao atraso (de vida) se não houver coragem de enfrentar a dúvida e a incerteza - no caso, de agradar, de parecer ridícula, mas também de depositar fé e dar tudo certo ou ser inesperado e por isso mesmo uma oportunidade de ser feliz.


Hehehe, já fiz várias coisas que achava românticas e tenho certeza de que além de engraçadas, as situações marcaram nossa história; já esperei o Alemão no aeroporto com faixa com declaração de amor escrita. Também já enviei flores pro trabalho dele. Já dei de presente uma massagem seguida de banho de ofurô (que resultou num sono fenomenal ao chegar em casa, tudo bem!), me vesti de enfermeira às vésperas de uma cirurgia e dei "aquela" injeção de ânimo no paciente... até já seqüestrei em horário de trabalho pra irmos ao motel.


Uma amiga disse que o namorado está precisando urgente de lençóis novos em casa, então vai fazer enxoval, tudo pra que ele a receba como merece e inaugurem os lençóis novos amassando-os com muito exercício aeróbico e suor! Kkkkkkkk!!!!!




Vocês já fizeram loucuras de amor? - Vamos compartilhar e ajudar a aumentar a ciratividade para o dia dos namorados?! 12 de junho está batendo à nossa porta!!!

3 pitaco(s):

Luci Cardinelli disse...

Oie!!! Amiga, aqui como não tem namorado, vou comemorar o amor por mim mesmo hehehe

Vim contar que recebi meu presente e que adorei! Muito obrigada!!!

beijos e ótimo dia

Ana - Viajar é tudibom! disse...

Oi Ingrid! Nossa quanta inspiração hein menina! - que coisa boaaaa!!!!
Por aqui os planos é ir logo após o almoço para nossa casa na praia, fazer um peixinho e camarão no forno á lenha que temos lá- uma maravilha! Mas no sábado á noite ficaremos em um hotel e deixarei meu pimpolho na casa de minha mãe uma vez que ela mora lá.
Vou colocar minhas imaginações pra funcionar e vou "bolar" algo inesperado ao maridim! hihihihi

Ah, e a cor do amor verde- que fofo! Eu irei comprar esse livro já que foi tão mencionado nos últimos dias aqui no Blog!

Bjos, boa quarta e na semana que vem trocamos idéias do que "inventamos"! hahahah

Carol Garcia disse...

estou mortinhad e culpa.
o cansaço não me deixou pensar em nada.
uma festa de filho de um amigo nosso e um casamento, ambos no dia 12, me fizeram até esquecer que se trata do dia dos namorados.
affff
que coisa mais feia.
vou correr atrás do prejuízo.
bjocas
carol
http://viajandonamaternidade.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...