De afff pra ufffa...


Pois o dia passou. A correria desde antes do almoço ficar pronto, quando escrevi o último post muita coisa aconteceu: levar a pequena pra escola, pegar tudo o que faltava no supermercado, guardar em casa, cuidar do pequeno que resolveu tomar água da duchinha do banheiro, depois toma rágua do pote dos cachorros e dividir biscoitos com eles... Depois o pequeno resolveu lavar os brinquedos na privada e pegar um desentupidor pra brincar na privada também.. ahahahaha!

Depois de convencido a fazer outra coisa, esperamos o papai buscar a maninha enquanto o Caio fazia mil e uma estrepolias e eu tentava trabalhar, porque estou cheia de projetos (surpresa, surpresa!!!) e talvez dê uma palestra em breve.

Quando a loira chegou, doida por uma jantinha e lambuzada de cobertura do bolo de chocolate... Vamos lá, que tem de se trocar pra gente ir encontrar a dinda na casa da vovó Titita, tem que jantar se tem fome mesmo... E vamos encasacar o equeno, que a temperatura está caindo. - E me produzir também, que mãe também é gente!

Lá a noite foi ótima, o clima de ciúmes entre a Larissa e o Gabriel se desfez, eles ficaram logo grudados e a despedida depois foi difícil. Meu afilhado chorou por sair de perto da prima que não via desde dezembro. Deu dó de morarmos tão longe!

Até meu sogro, que se diz esquisito, por não curtir muita gente num mesmo ambiente, foi e conversou de montão com todo mundo!

Conversa vai, conversa vem e a dor nas costas foi passando, acho que os abraços que vocês enviaram fizera com que eu contrariasse desânimo e a dor e fosse rir bastante, curtir meus tios, prima, a noite foi dando outro clima, fazendo um fechamento especial para o dia de hoje.

Quando chegamos em casa, já tarde, preparei um banho pro pequeno e pedi que o marido assumisse, porque as costas estavam melhores, mas não quis forçar. Me permiti um banho quente e depois um hidratante de mel fabuloooso.

De afff do início do dia, agora consigo dizer ufffa! Sobrevivi a esse dia! Obrigada às fofas que me abraçaram através de cometários! Beijos especial a Paula e Angélica, queridonas, pelos puxões de orelha, hehehe!





P.S.: essa fuzarca toda é no colo do dindo Max, meu irmão, fofíssimo.

4 pitaco(s):

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

nossa,que correria einh!!??rsrs.
olha só ,citei o blog de vcs lá no nosso cantinho,tá??
bjsss,bom restinho de semana! ;-)

Marcia disse...

Menina! Que loucura hein?
Mas ainda bem que acabou tudo melhor :-)
Com dois filhotes, a vida é assim, sempre corrida... Mas fica tranquila, respira fundo...
Fica com Deus!

Abraços,
Marcia

Ana Paula disse...

Que dia heim Ingrid!!!!
Mas vida de mãe é assim mesmo.... não tem jeito!
Bjos

Carol Garcia disse...

affff
chegeui tarde pra terapia do abraço?!
aaaaaaaaaa
mas mesmo assim, vai aqui um abraço, daqueles de urso, de parabéns por ter se produzido, se permitido rir, sorrir, ir e vir!
pronto. abraço dado.
e haja ufa! dia de mama é assim mesmo...
??? alguma dica pra essa mania de duchinha???
Isaac não sossega
bjo bjo bjo
carol
viajandonamaternidade.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...