The Big C

Quando um fantasma aparece, de repente, pode ser ignorado ou acolhido. Hoje um deles me visitou e sem que me desse conta, rapidamente mexeu com minhas emoções. Foi o sufciente pra que uma insegurança se abatesse, trazendo de volta o medo de que The Big C, aquele C de câncer, estivesse de volta.


Bastou o silêncio da médica que fazia a ultrassonografia da cervical, a que me diria se estava livre de pensar em câncer de tireóide, ficando mais detida em uma parte do pescoço que em outros anos não foi muito examinada.


Após 5 anos sem sinais de retorno, posso estar curada. No local da tireóide, continua a cicatriz, aparentemente intacta. Agora, os linfonodos, que sempre me perguntaram se haviam sido esvaziados na cirurgia, resolveram dar as caras, foram melhor observados. AFFFF!


 Até falar com a endócrino amanhã pela manhã (a consulta só tinha conseguido para 10/09 por causa da greve dos médicos residentes em todo o país), o coração vai ficar apertado.

Pode parecer bobagem, mas parecia que o Faustão tinha vindo dar uma cochichadinha aqui no meu ouvido: "passou um filme na sua cabeça?"



AHAM, passou. Neura total. 


Imagens: Ultradownloads e Espaço Imoral

1 pitaco(s):

gisele.artes disse...

Guria!!!! 'Não tinha ideia q vc estava passando por isso!! O q precisar estou aqui!!!bjos, e rezando pra tudo estar bem, gi

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...