Ontem foi o dia da internet!


Ontem foi comemorado o dia da internet. Nem sabia que isso existia!
Enquanto eu pensava sobre isso, me dirigia ao banco de sangue, mas o assunto não me sai da cabeça.
Volta e meia o assunto vem à tona, falando de ganhos e prejuízos socioculturais, os educadores defendendo ou malhando, os pais temerosos, os religiosos baixando o cacete, enfim, mil e muitas opiniões.
Particularmente, como mãe e como professora, mas também como usuária, acho que temos mais coisas positivas do que negativas. Lucro mesmo, seja em informações, oportunidades (até de trabalho), conhecimento, besteirosl (que tem horas em que é uma delícia), formação de comunidades nunca antes possíveis dessa maneira, tão rapidamente.
Estima-se, de acordo com o IBGE, que em torno de 70 milhões de pessoas sejam usuárias de internet, sendo que quase sempre falando-se de desktop ou laptop, mas ainda há a possibilidade de crescimento quando o acesso por celular oferecer vantagem maiores e melhores que fazer downloads de ringtones e músicas, imagens. - Essas informações eu ouvi de alguma funcionária da PROCEMPA no programa Cafezinho, da Rádio Pop Rock, que cada vez eu curto mais!
Claro, esses dias nosso pequeno, do auge de seu 1 ano e 4 meses, saiu clicando o quando conseguiu no celular do pai dele e abriu, através do site da nossa provedora, uma tal SURRA DE BUNDA. Não era bem o que eu chamaria de programa infantil, mas isso é uma das muitas coisas oferecidas e para as quais precisamos estar preparados, conhecermos até para colocar filtro.
Acho que foi na revista Quem que vi uma entrevista com o novelista Sílvio de Abreu dizendo uma frase que tem tudo a ver com o que penso sobre internet. "Não acho que ela tenha piorado a vida das pessoas, mas que as pessoas estão piores". Foi algo assim.
Pelo modo como as pessoas estão imediatistas, a internet rápida só veio complementar esse comportamento. Não creio que o tenha feito exacerbar. O caos no trânsito, a agressividade no lar, a pornografia, existem faz tempo. Não foram inventados a partir da internet!
Por isso creio que veja com tão bons olhos a utilização que conseguimos fazer através de blogs sobre saúde, notícias, compartilhamento de idéias, cultura em geral, artigos científicos que a internet possibilitou.
E quem discordar, me perdôe, apenas temos opiniões diferentes. E a intolerância, ela é bem mais antiga que eu, você e a internet.

2 pitaco(s):

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Olá! esse nem eu sabia!! então parabens para a gente que vive conectada tb,hahaha!!
abçs!!

Luci Cardinelli disse...

Agora tem dia de tudo, não é? Fico pensando como consegui viver tantos anos sem essa tal de internet

beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...