Como os nomes "combinam" com as pessoas?



São 9  meses de gestação e até a criança nascer, muitos devaneios povoam a mente dos pais e das mães: como serão as feições, os cabelos,  o temperamento, os gostos, enfim, como será a criança?

Ficava pensando como seria o bebê na primeira gestação e sempre tinha a idéia de que seria como a criança com que sonhei na véspera de fazer o exame de fermácia que confirmou a gravidez. Um menino loiro, de cabelos arrepiados e gordinho, que me pediu pra ser chamado de Leonardo. Nada a ver. Veio uma menina.

Quando o ultrassom mostrou que viria uma menina, pensava tanto em Helena, o nome da orientadora que tive na graduação, que jamais pensei que fosse mudar. No entanto,  fui "sentindo" que esse não seria o nome desse bebê, mesmo quando meu marido também comentava que gostava do significado: "luz".

Ao conversar com a sobrinha mais nova e pedir uma ajudinha pra escolher, guardei pra dizer por último o nome que estava sentindo como mais bacana pra essa criança que estava a caminho: Larissa. E foi o único de que ela gostou, entre muitos que citei. - Papai nem teve chance de meter o bedelho!

Larissa, segundo o livro que depois consultei, vem do russo e tem a mesma origem de Letícia (nome latino), que significa CHEIA DE ALEGRIA - que diz muito sobre a nossa filha. Ela jorra, transborda alegria... Sabe quando parece que o nome revela tanto sobre alguém, que combina com essa pessoa?


Pois 5 anos depois veio o nosso gurizinho. Mais uma vez o paizão só disse "amém", porque até pensei em Leonardo, como na gestação anterior, mas também não deu o "clique" e pensei em muitos nomes. Pra decidir, pedi a ajuda da filha, que se sentiu muito importante escolhendo o nome do irmão. 

Justamente nesse dia algo me dizia que os nomes que ela escolheria seriam Pedro e Caio, por causa de amiguinhos que ela amava muito em São Paulo. Foi o que aconteceu.


Como Pedro é o nome do primo e do padrinho dela, estava descartado. E Caio, tive a intuição de que combinaria com o bebê... E não é que combina mesmo? Vem do latim e quer dizer pessoa FELIZ, contente!

Como um nome escolhido por outra pessoa pode aderir de tal forma à personalidade de uma criança? Será acaso? Será inspiração divina que ajuda a conectar mãe e filho por causa da relação íntima que se estabelece entre eles?


Será que com a escolha também estamos ajudando a moldar a personalidade de quem geramos?


O que levou você a escolher o(s) nome(s) de seu(s) filho(s)?

10 pitaco(s):

Tati Pastorello disse...

Que família especial, dois filhos com nomes que significam alegria/ felicidade! Inspirador!!
O Bê, quem escolheu foi o pai. Nunca tinha passado pela minha cabeça, mas quando o Vi sugeriu eu amei na hora (isso foi assim que saímos da clínica onde fiz o exame). Nunca ficamos na dúvida, já nome de menina... pensei em muitos, não me decidi por nenhum, tudo bem, né? Nem precisava mesmo... eheheh
Adorei o tema do post!
Beijos.

Nutrição e Cia disse...

´´E verdade o nome vem um dia quando a gente acorda e pronto tá escolhido, aqui foi assim acordei um dia fui no shopping fiz a placa da maternidade com o nome dela e voltei pra casa contando pro marido. Bjs e quando tiver um tempo da um pulinho no meu blog ok, já estou te seguindo.

Maria Paula Cavalcanti disse...

Olá Ingrid,
tudo bem, qto tempo?!

Parabéns...o blog está de cara nova e lindo!

Há muito não passo por aqui.
Andei afastada dos blogs...Copa, férias, empenho em outros projetos, mas agora estou devolta :o)

Sucesso!
Bjins

Juliana Dalzoto disse...

Que legal essa história dos nomes, Ingrid!!!
Combinam mesmo com seus filhos, eles são muito felizes (e lindos!!!) As fotinhos não mentem!!!

A minha história com o nome do Lucas eu contei lá no blog. Em sonho, ele me disse. Não havia nem o que pensar! Acho que tb combina muito com ele, significado iluminado, como ele é ;)

Beijão!!!
Ju

Marcia disse...

Oi Ingrid, é bem interessante como escolhemos os nomes dos filhos... minha história é parecida, qq hora vira post também.
Os nomes dos seus filhotes são lindos, com significados maravilhosos!
Parabéns.

Abraços,

Carol Garcia disse...

looonga história pro nome do Isaac...
Maridex escolheu. engenheiro que só queria Isaac Newton. vetei na hoooora...
pra acabar com a dúvida, amigo querido nos contou a história do Isaac da bíblia. da dificuldade de sarah engravidar, de isaac ser "o filho da promessa" e o "filho do riso". tudo a ver com a nossa história...
pronto. ficou decidido.
sonhei sim na época com um menino falando que se chamava joão. acho o nome lindo, mas passou...
bjocas

Fe Piovezani disse...

O nome da minha filha Luísa veio inspirado e homenageando minha avó paterna, Vó Luísa, que cuidou de mim sempre, pois minha mãe trabalhava o dia todo. Sempre amei o nome e aproveitei pra homenagear uma pessoa amada e importantíssima na minha vida, batalhadora e incrível!
beijos
Fe
nandapiovezani.blogspot.com

Kah disse...

Aqui em casa combinamos assim:
Se fosse menino, eu escolheria, se fosse menina, ele. Ele tinha uma lista de possíveis nomes e um em especial, Juliana, por causa dos apelidos (vê se pode?). Aí em uma conversa com minha mãe, eles decidiram que seria JulianE.

Mas hoje eu não imagino ela com outro nome, sabe como é? Olho para ela e tento imaginar outro nome, mas não dá! Ela tem cara de Juh e pronto. hahaha
Beijão
Beijão

butecofeminino disse...

No dia que descobri estar grávida, passado o susto, um amigo perguntou como se chamaria o bb. Vários nomes foram citados e eu e meu marido gostamos de Cauê. Não conseguíamos achar um nome para menina.
Ficamos sem encontrar um nome caso fosse menina. Ao descobrir q era menino, ficou fácil. Desde a barriga, já o chamávamos pelo nome.
Quando ele nasceu, que susto: loiro, dos olhos azuis. Como já o chamávamos de Cauê, o registramos assim. Mas passada uma semana, sonhei que ele se chamava Pedro. Quando acordei, não podia acreditar q cara de Pedro ele tinha. Mas já não havia mais jeito.
Também acho que ele que escolheu o nome, pois, assim como diz o significado, ele é um menino bom e inteligente!
Beijos
Sofia

Tiffany disse...

Ingrid, o meu filho também é Caio, né?!

Então... devo reafirmar que este é um nome lindo e que faz jus aos seus portadores, pois nunca conheci um Caio que não fosse especialmente feliz.

Quando tivemos que escolher o nome do pequenino testamos vários, primeiro pelos significados, depois pela combinação com os sobrenomes, depois pela aplicação de apelidos e por aí foi, excluindo os nomes de filhos de amigos e/ou irmãos... hehe, foram sobrando poucos, mas próximo do nascimento, nosso bebê continuava sem nome e após algumas conversas com ele e algumas orações - sim, porque na hora de escolher a gente apela pra Deus tb - nós tivemos a intuição de escolher Caio e José significa "Deus, aquele que acrescenta, que traz", assim o nosso filho "é aquele que nos traz alegria"; Perfeito assim e por sorte ou inspiração divina o nome não poderia ser mais adequado a ele.

Um abraço e parabéns pelos filhotes lindos. Ti

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...