"É pavê ou pá comê"? (parte2) #blogagemcoletiva: Eu 'como'brega!



(Horas depois...)

"Voltei! Agora pra ficar! Porque aqui, aqui é meu lugar! Eu voltei pras coisas que eu deixei..." - Vamos combinar que Roberto Carlos é um brega que todo mundo ama, né?! 

Buenas, e aí que fiquei de passar as receitas de 3 sobremesas... porque a brega aqui tem que ser gulosa também!

Minha tia faz o melhor sagu que eu conheço e espero estar sendo fiel à receita:

Roberta Berrondo, isso é sagu!
8 xícaras de água
4 cravos-da-índia
1 pedaço de canela em pau
1 xícara de sagu                            
3 xícaras de vinho tinto seco
1 xícara de açúcar

Para o creme de baunilha
2 colheres de sopa de maisena
500mL de leite
2 gemas
6 colheres de sopa de açúcar
1/2 xícara de creme de leite fresco
1 colher de chá de essência de baunilha

Deixe o sagu por 1 hora de molho na água, que faz com que ele cozinhe mais facilmente. Ferva a água com o sagu, procurando cuidar para que não grude na panela. Ele tenderá a ficar transparente, como plástico bolha. Acrescente o vinho, os cravos e a canela, o açúcar e vá mexendo de vez em quando, cuidando para não desmanchar nem ficar grudado ou pastoso.

O creme tem de ser feito mexendo todos os ingredientes para não embolotar. Se não gostar de creme de leite fresco, pode-se fazer apenas com leite. E sagu bonito é o feito assim, o industrializado é colorido artificialmente e fica melequento, parece ovo de sapo! Sagu gostoso é soltinho!

Imagem: http://www.maria-brazil.org

Continuando a orgia gastronômica, aqui vai a segunda receita:

Pavê de Pêssego com Bolacha Campanhe

Imagem: http://culinariadedomingo.blogspot.com



1 pacote de bolachas champagne, que serão regadas com um pouco de calda de
1 lata de pessegos em calda
2 latas de leite condensado
4 colheres(sopa) de amido
2 gemas peneiradas - dizem que assim não embolota nem dá cheiro ruim...
2 latas creme leite
1 litro de leite

Dissolva o amido e as gemas em um pouco do leite frio. Junte o restante do leite e o leite condensado, na panela em fogo baixo, mexendo até engrossar. Desligue o fogo e junte o creme de leite sem soro. (Esse mesmo creme pode ser usado pra acompanhar o sagu!)

Montagem:
Num pirex fundo faça camadas de bolachas regadas com um pouco de calda da compota. Alterne com o creme com pêssegos picados, que só serão acrescentados quando o creme estiver frio.

Termine com o creme ou chantilly caseiro. Enfeite com fatias de pessego. Deixe gelar durante umas 6horas.

Observação: eu fazia muito pavê ou torta de bolacha quando comecei a namorar o @paulodedalus, porque esse é um dos poucos doces que ele gosta. Hoje em dia, acho que preciso tomar uma vergonha... Fazer um agradinho!

E, finalmente, a receita de Ambrosia!
Imagem: http://www.mazzaropi.com.br

Ingredientes:

10 ovos + 2 gemas
1 litro de leite
800g de açúcar
1 litro de água
Cravo a gosto                                          
Canela em pau a gosto

Preparo:

Ferver todos os ingredientes, exceto os ovos, até formar uma calda. Separando as 12 gemas, use uma peneira fina para extrair o cheiro forte (não falei?) e junte as 10 claras, batendo no liquidificador. Coloque na calda e cozinhe por 2 horas. Depois de esfriar, coloque na geladeira. Dá para fazer também no forno (eu prefiro, porque fica mais coradinha)!

14 pitaco(s):

Paulo Lima disse...

Na verdade entrei aqui para registrar meu protesto. Faz ANOS que não como um bom pavê feito pela Dona Ingrid...... ashaushauhsuahsuaua! Quem sabe agora sai, com fotos e tudo pro blog???

Tuka Siqueira disse...

Ta aí 3 sobremesas que eu adoro! Mas não faço, porque se fizer eu como TUDO. kkkkk
Minha sogra faz sagu com vinho e mesmo assim parece uma gosma grudenta. Mas com merengue por cima é bem comível.
Agora se tem uma sobremesa que eu não gosto é o tal de arroz de leite, aquilo parece vômito de gato. Fora isso, traço tudo!
Vê se faz um pavê pro maridex aí, coitado, protestando por melhores condições de engordar! kkkk
Aproveita e guarda um pedacinho pra mim!

bjs

Mamãe do Matheus disse...

Hummm...tá aí...blogagem de coisa boa...ai...que dilicia!
Aqui em casa o Matheus amaaaa demais sagu com creme.
A minha mãe faz um divino.Já eu nunca tentei fazer,e o marido que tem os dons culinários fez e ficou um chiclete o sagu dele..kkkk...daí ele nunca mais tentou fazer de novo.
E Ambrosia o Diego adora!
Minha mãe também faz muito bem esse doce.E o pavê faz anos também que não como um.
Amiga aproveitando a visita e vou te desejar uma linda semaninha!
Um grande beijo para vcs!
P.S:Se tu fizer o pavê me chama que quero experimentar o teu doce,hein?! :D hehehe...

Cristiane disse...

Oi Ingrid, vou ter de me mexer então né hehehe Nunca fiz SAGU, mas o AUGUSTO ama, vamos em restaurantes e ele pergunta – Tem sagu? Um dia ele disse, mãe compra aquela sobremesa que só tem em restaurante, hahahaha acho que ele não sabe que da para fazer em casa né.

Adriane Souto disse...

AMOOOO SAGU de vinho Ingrid!!! E faz tempão que não faço. Hum, que vontade.
Bjs
DriSouto

http://www.mulheresmaes.blogspot.com

Chris Ferreira disse...

Oi Ingrid,
que delícia!
Adorei as dicas e au AMO pavê de pêssego!
Estamos esperando vc ano que vem! Venha sim!
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Mi Satake disse...

Oi Ingrid!

Duro essa blogagem viu... Um resgate de receitas deliciosas né? Ah pode ser brega, mas são boas, de encher os olhos rs!

Algumas só minha mãe que tinha, naqueles livrões antigos. Então...
tomando nota, já!

Bjão e boa semaninha pra vcs!

Cris Guimarães disse...

Seus posts foram tudo sobre o assunto, rs!!!! Agora, pavê eu como de qualquer sabor... Õ coisa brega mais gostosa...

Ana Artigas disse...

Nossa eu amo Sagu, a minha mãe sempre faz aqui e eu me acabo de tanto comer, rsrsr
E tem coisa mais gostosa do que ser brega mas feliz? Acho que não.
Bjos
Ana

Eli Girola disse...

Genteeeee acho sagu o ó de brega e de ruim! kkkk
Minha mãe fazia esse pavê de pêssego com bolacha champagne! amo!!!
bjocas!
to indo lá ver seu post de hoje!!!

Michelle Marie disse...

Que saudade do meu Rio Grande Sul. Essas três receitas mexeram muito comigo. Saudade da minha infância no frio do Alegrete.

Vou fazer o sagu mais saudoso da minha vida. E o pavê? Lembro que quando comia na casas das tias o pavês eram feitos com bolachinha Maria (eu odeio)mas este de bicoito champagne é demais.

Bjs
PS: vou te seguir

Alexandra disse...

Bolacha Champanhe é muito da infância. Minha mãe fazia uma torta de sorvete maravilhosa com ela. Também adorava pavê de chocolate, mousse e pudim. Gelatina com leite condensado, tb! Gostei do tema.
Beijos
Alexandra do
www.destemperadinhos.blogspot.com

Ana Rita Profirio disse...

Minha cunhada faz esse pavê, delicia, delicia! Amo!!

Belo fim de semana para ti!!

Carol Ambrogini disse...

Olá Ingrid, vim conhecer seu blog depois de vc visitar o meu. Muito bacana! Realmente admiro mulheres com dons culinários. Fico pensando, sou mãe, preciso saber fazer pelo ao menos um prato ou sobremesa para que os meus filhos tenham uma referência da famosa "comidinha de mamãe". Mas por enquanto...ainda bem que eles são pequenos e dá tempo para eu aprender alguma coisa na cozinha.
Bjs e Parabéns pelo Blog. Já vou seguir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...