Os melhores brinquedos pra quem?

Sim, eu sei. Uma revista precisa dos "nossos patrocinadores" para sobreviver. Mas ontem quando acompanhava a tal lista dos 50 melhores brinquedos de 2010 para cada idade na Crescer , fiquei mais uma vez decepcionada.

Eu sei que muitos dos brinquedos acompanham os desenhos animados, os modismos, mas cada vez menos vejo interação e mesmo atrativos educativos para comprá-los, especialmente se pensarmos nas crianças que têm maior capacidade crítica e que se encantam com vídeos, games, televisão etc. Parece quem menos ainda vão se interessar por brincar. Por interagir...

E os brinquedos apresentados para crianças acima de 5 anos, quando mostrei pra filhota, ela respondeu: - Ah, eu acho que prefiro uns brinquedos que fazemos na brinquedoteca da escola, sabe? Que a gente leva sucata e constrói com os colegas.
Claro, ela não pensa assim o tempo todo e na hora de ser presenteada, um brinquedão industrializado é recebido de braços abertos, não é mesmo?!

Nessa eterna função de aniversários, tenho buscado presentear os colegas da Larissa (em torno de 7 anos, a maioria) com jogos e atividades que possam fazê-los dividir, brincar e "negociar" (inventar regras, ou que façam acordos sobre quais serão as regras). - Me parece que quanto mais sofisticados os brinquedos, menos isso acontece!

Bem, então quando entro em contato com os jogos de tabuleiro... AFFFFF... aí o que pega é o preço. R$120,00 um brinquedo? Com 2 aniversários por semana, em época de dia da criança e feriadões... Quem sustenta?
Os amigos da Lalá são crianças inteligentes e gostam de desafios. E jogos como Cara a Cara, Perfil, Detetive etc. parecem deixá-los fascinados. Mas meu bolso não consegue acompanhar esse mercado dos brinquedos.

Por isso, cada vez mais vejo pais como eu indo atrás de brinquedos "genéricos" (diga-se imitação, ou de lojas de R$1,99) ou dos nossos tempos de infância, que são simples e bem mais acessíveis aos bolsos... E que acabam em muitas ocasiões, se mostrando tão interessantes quanto qualquer parafernália que pisca.
Estou ficando rabugenta ou alguém mais tem essa sensação?







5 pitaco(s):

Tati Pastorello disse...

Você viu meu dedinho levantado, lá no fundo do salão? Sim! Eu tenho a mesma sensação!!! A gente tem tentado buscar alternativas também. Na escola do Bê ainda acontece o "aniversário comunitário", onde recebemos a listinha dos aniversariantes do mês e há uma sexta-feira de festa. Teve um mês com 4 aniversariantes... Como assim? Como presentear 4 de uma vez? Carrinho de Hot Wheels, bonequinha Polly e agora tem uma Paulinha fofa também... Mas o melhor que descobri outro dia foi um conjunto de canetinhas que vira boliche, conhece? Eu tive quando criança, e me custou apenas R$10,00. A menina amou!!! Fiquei mega feliz e procurarei para as próximas festas! hehehe
Beijos.

Desconstruindo a Mãe disse...

Sabe que a turma da Lalá entrou numa onda de pulseirinhas plásticas que parecem molinhas. Os meninos adoram, mais que as meninas, me parece. E cada trio de pulseiras custa R$2,50 - tem de tudo que é cor!

Alguns meses atrás, eles andavam na onda de guardar dinheiro, porque agora estudam matemática e querem ver quanto terão até o fim do ano... Hahaha, eu distribuí cofres coloridos e de diversos materiais nos aniversário do primeiro semestre! - Claro que a Larissa me perguntou se eu não tinha outra idéia de presente, mas eu disse que não eram todos os cofres iguais. Um era de gato, outro castelo, tinha de tudo...

Também rolou aquele bom e velho RESTA1, lembra disso??? (5 pilas, como se diz.)

E o bom foi que a profe estipulou: presentes na escola são para LEMBRANCINHAS - pensem que depois tem pai/mãe que vai ter de carregar os pacotinhos!!!

Já nas festonas, o critério fica um pouco diferente, claro...

fabi disse...

Concordo plenamente com você... graças a Deus que por aqui na escola do meu filho também vale essa história de lembrancinha...esse boliche citado acima eu também tive qdo criança e adorava mas nunca mais vi por aqui, vou procurar melhor, pois acho que a criançada iria adorar... minha nossa senhora da criatividade ajude as mães nessa tarefa...

gisele.artes disse...

Oi. Meu presente geralmente é um livro. Tem uns bem legais de bolso, ou melhor da Coleção Brinque-book na mochila q custam de 12 a 15 reias. Eu amo livros e ador ganhá-los, então eu sou a mãe q sempre dá livro! Quando acho uns em promoção compro de sacola e fico esperando os aniversários!!! Mas tb acho q a industria apela quando cobra 100 reais por um jogo!!! Um roubo e muitas vezes as crianças nem brincam tanto assim pra valer tudo isso! Jogos como UNO tb são legais pra toda família e custam menos de 10 reias! Well, bjos e vamos brincar ao ar livre e fazer piqueniuqes q por enquanto ainda ésão presentes/diversões mais baratas! bjos, gi

Desconstruindo a Mãe disse...

Também costumo dar livros, mas... sabe o que eu observo?
TEM FAMÍLIAS QUE FICAM INDIGNADAS COM ISSO!
Pode?

Claro, pras crianças que não sabem ler, significa envolvimento, ter de participar, ou mesmo que saibam ler, elas adoooram que a gente leia juntos!

E quando a família reage assim, às vezes a criança repete o comportamento... Aqui em casa livro é sinônimo de muita alegria!!!!

E tem aqueles livros que fizeram a alegria da nossa infância e continuam sendo editados, né... A Fada que tinha idéias, também os do Ziraldo, do Sérgio Caparelli... TANTOS!
Que fica ainda mais gostoso participar desse momento de soltar a imaginação com a gurizada!

Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...