Ser mãe e imperfeita

Parece que as coisas não batem; ser mãe é um verdadeiro paradigma: como ser mãe, se sou tão imperfeita?

Tenho uma mãe-modelo, também cheia de falhas, enfim... Humana. Mas exijo pra caramba de mim e cobro constantemente melhorias. Cada vez mais acho que preciso de aperfeiçoamento para ser boa mãe. Por isso, estou constantemente me desconstruindo, reconstruindo, tentando inovar, melhorar, me tornar um lugar melhor de se viver, como diz a Martha Medeiros.

Por mim e por eles... Caio e Larissa valem a pena. Demais!

Pra isso mesmo, pra pensar neles e em como ser feliz sendo mãe 24hs, independente de trabalhar fora, que estou começando esse blog. Hoje. Porque antes eu não conseguia levar adiante, mas talvez agora consiga seguir em frente!

2 pitaco(s):

PaulaZZT disse...

Cheguei aqui por seu comentário no Ombudsmãe.
Curti muito, estou lendo os post antigos tb :-)
Bjoks
Paula
http://tentativaerroexperiencia.blogspot.com/

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Olá, to conhecendo teu blog agora. Gosto de ler tudo desde o ínicio.

Concordo quando você se cobra a cada momento. Sou mãe e sou super imperfeita. Que bom, pois aprenderei com os erros a me tornar uma pessoa melhor e mais confiante nas escolhas.

um bjão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...